segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Partidazo

Jogo de loucos no Barnabéu que passou a horas mais ou menos decentes em Macau (00.00) e proporcionou um grande espectáculo.
Ronaldo envergou a braçadeira de capitão e fez por a merecer, liderando a equipa para uma vitória arrancada a ferros, jogando com 10 desde os 6 minutos, quando os deuses pareceram querer castigar Mourinho, ao expulsarem Adan, forçando a entrada de Casillas.
Ricardo Carvalho reapareceu em boa hora e mostrou a classe que fez dele um dos melhores centrais europeus da última década.
Gostaria mesmo de ver os portugueses do Real no final da época após a conquista da Champions, mandarem aquela gente à fava.


2 comentários:

  1. E é com isso que TODOS eles sonham, Hugo.
    Espanha não os merece!
    Aquele abraço!

    ResponderEliminar